Publicado por: J.Pinto | 2016/01/23

Aumento de impostos


ISP, Tabaco e Selo pagam descida na sobretaxa do IRS

A história pode ser contada mais ou menos desta forma. Para que os eleitores do PCP e do BE recebam mais dinheiro no final de cada mês (por exemplo, através das reposições dos cortes dos seus salários), o governo decide aumentar os impostos a toda a população. Os combustíveis, através do aumento do ISP (Imposto Sobre os Produtos Petrolíferos), serão o alvo privilegiado. Há aumentos noutros impostos, mas o aumento do ISP é, de longe, o mais injusto.

É inadmissível que um bem essencial para a atividade empresarial (e que pesa cada vez mais nas despesas dos portugueses) seja tão fustigado pelos impostos. Recorde-se que a carga fiscal nos combustíveis já representa cerca de 70% do preço final da gasolina e 60% do preço do gasóleo.

Além das empresas, há muita gente que usa o seu automóvel particular nas deslocações para o local de trabalho. Se atentarmos ao valor que todos os dias o nosso Estado extorque aos portugueses nos preços dos combustíveis, podemos concluir que os combustíveis são tratados pelos nossos políticos como um bem de luxo.

Recordo ainda que o Ministro das Finanças, Mário Centeno, antes de ser ministro, era conhecido por defender algumas medidas de índole liberal. Através destas medidas conseguimos facilmente perceber que, em Portugal, o liberalismo é uma prática ilegal.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: