Publicado por: J.Pinto | 2014/05/07

Dia da Libertação dos Impostos em 2014


Em 2014, o Dia da Libertação dos Impostos (DLI) ocorrerá mais tarde do que no ano anterior. Em média, cada português terá de trabalhar mais 3 dias em 2014, em comparação com o ano anterior, para pagar os seus impostos ao Estado. Em média, cada português tem de trabalhar até dia 6 de junho para pagar impostos.

Em comparação com os restantes países da União Europeia, Portugal é o sétimo país da onde a carga fiscal é mais baixa. O Chipre e a Irlanda são os países que celebram o DLI mais cedo (carga fiscal mais baixa), enquanto a Bélgica e França são os últimos a celebrar este dia.

Como tenho referido várias vezes neste blogue, Portugal não é dos países que têm maior carga fiscal, apesar de caminhar em sentido contrário (enquanto a maior parte dos países mantém ou desce a carga fiscal, Portugal tem subido a carga fiscal nos últimos anos). Apesar disso, os portugueses terão de fazer um esforço adicional para compensar os défices públicos das últimas décadas – a outra via (redução da despesa) não está no horizonte dos nossos políticos.

A atual carga fiscal portuguesa não é um problema, mas a composição da mesma gera injustiças, uma vez que esforço fiscal é repartido de forma desproporcional pelos portugueses – há poucos portugueses a pagar impostos, pelo que estes são sujeitos a um esforço muito elevado.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: