Publicado por: J.Pinto | 2013/10/24

Os excedentes da Segurança Social


De acordo com a síntese de execução orçamental publicada hoje pela Direção Geral do Orçamento, a receita efetiva da Segurança Social aumentou mais de 7% em termos homólogos, gerando um saldo positivo nas contas do terceiro trimestre naquele organismo.

Os defensores deste Sistema de Segurança Social até podem utilizar estes números para mostrarem aos portugueses que o sistema público de proteção social é sustentável como está, uma vez que gera excedentes financeiros. Serão reais estes excedentes?

Se quisermos ler na íntegra a síntese de execução orçamental perceberemos a razão deste excedente: “O principal fator explicativo desta evolução traduz-se no aumento das transferências do Orçamento do Estado, que incluem as verbas para financiamento da Lei de Bases e do défice da Segurança Social (contributo de 6,4 p.p.), que ascenderam a € 6.100 milhões até setembro em termos acumulados (+22,8% face ao homólogo). Este aumento decorre do incremento verificado em 2013 na dotação do Orçamento do Estado e da antecipação de transferências ocorrido em maio.”

A Segurança Social é cada vez mais financiada pelo Orçamento do Estado.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: