Publicado por: J.Pinto | 2012/07/20

Taxa implícita dos impostos em Portugal


Há várias formas de analisarmos e compararmos os impostos cobrados nos vários países da Europa.  As taxas nominais não nos permitem analisar o peso real dos impostos, na medida em que se trata apenas de taxas nominais brutas. Só as taxas efetivas de imposto é que nos permitem analisar o peso dos impostos em cada país.

O Eurostat costuma publicar um relatório anual em que compara as taxas nominais e implícitas (efetivas) em cada um dos países na Europa. Apesar de as taxas nominais de impostos em Portugal serem mais elevadas do que a média da Europa, as taxas implícitas são mais baixas do que nos restantes países europeus. Significa isto que os portugueses não pagam mais impostos, em termos proporcionais aos seus rendimentos, do que os restantes países da União Europeia.

Podemos verificar através da tabela que, de uma forma geral, as taxas implícitas de impostos em Portugal são mais baixas do que na Europa a 27 países. À exceção do capital (impostos sobre as empresas e sobre a riqueza), todos os outros impostos têm um peso inferior em Portugal do que na média dos restantes países da União Europeia.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: