Publicado por: J.Pinto | 2012/06/03

Dia da libertação dos impostos


Hoje é o dia da Libertação dos impostos. Ou seja, os portugueses estiveram a trabalhar desde o início do ano até hoje para pagar impostos.  Há vários métodos de calcular este indicador, mas todos eles indicam uma tendência de subida. O método mais usual será o que divide as receitas fiscais pelo Produto Interno Bruto, calculando assim a proporção dos dias que é necessário trabalhar para pagar impostos em Portugal. Este indicador tem a enorme desvantagem de não analisar a distribuição dos “sacrifícios fiscais”. Além da elevada carga fiscal que existe em Portugal, em alguns impostos (ex: IRS) as receitas fiscais são arrecadadas por um número bastante pequeno de agregados, agravando o fardo fiscal destes sujeitos passivos.

Quanto maior for a despesa do Estado, mais receitas o Estado terá de arrecadar junto dos cidadãos para conseguir pagar aquela despesa.  Se quisermos trabalhar menos para o Estado, o Estado terá de gastar menos.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: