Publicado por: J.Pinto | 2011/10/25

A Contabilidade como um instrumento de gestão


As empresas portuguesas ainda continuam a ver a Contabilidade como uma obrigação legal ou, quando muito, como uma técnica de registo de factos patrimoniais com terceiros, servindo, neste caso, muitas das vezes como único suporte probabilístico. A sua função mais importante continua a ser esquecida pela grande maioria dos gestores das pequenas e médias empresas.

Em quase todas as áreas de atividade, a economia está completamente aberta à criação de novas empresas, pelo que as empresas necessitam cada vez mais de antecipar estratégias e medidas para conseguirem estar à frente da concorrência. O conhecimento da empresa e de tudo que a rodeia e que possa influenciar a venda e a forma de vender é essencial para o sucesso de qualquer estratégia. Neste sentido, a Contabilidade deve ser vista como um importante instrumento de gestão, que pode servir de suporte às decisões dos gestores. É através da análise dos números que as decisões mais importantes das empresas devem ser tomadas. Mais do que uma obrigação legal, a Contabilidade fornece um conjunto alargado de informação que deve ser utilizado para a tomada de decisão numa empresa.

Decisões estratégicas como saber em que público-alvo a empresa se deve concentrar têm como base a Contabilidade. A Contabilidade é o único instrumento que é capaz de registar e disponibilizar este tipo de informação.

Será que alguns empresários sabem qual é o nível de concentração das vendas, por área geográfica, por tipo de cliente, etc? Será que alguns empresários sabem quais são os clientes mais importantes, aqueles que representam 80% da faturação da empresa? E quais são os que mais lucro oferecem à empresa? Dos clientes existentes, quais e quantos é que compram mais vezes? Qual é o prazo médio de recebimentos da empresa? E o prazo médio de pagamentos?

Como se pode verificar, a Contabilidade, para além de ser uma exigência legal, oferece um conjunto importantíssimo de informação que mais nenhuma outra ciência consegue oferecer. A Contabilidade não pode continuar a ser vista como um mero instrumento de apuramento de resultados fiscais. O principal objetivo da Contabilidade não é nem pode ser o de pagamento de impostos. Tendo em conta a atual situação económico-financeira do país, facilmente conseguimos concluir que a transparência das contas, sejam elas públicas ou privadas, é essencial para a sobrevivência a médio/longo prazo. Para além de permitir que os interessados possam ter acesso à informação a que têm direito, a Contabilidade constitui um sistema insubstituível e imprescindível de informação ao dispor dos gestores das empresas.

Este artigo também foi publicado em: economiaegestao.wordpress.com


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: