Publicado por: J.Pinto | 2011/05/29

Modelos económicos e a sociedade actual


Não percebo como é que jornalistas, políticos, economistas e outros actores da nossa praça continuam a defender estratégias que nasceram e se desenvolveram há 100 ou mais anos. Não percebo porque é que o modelo defendido por Keynes, que nasceu há mais de 100 anos e morreu há mais de 60, continua a ser defendido por ilustres economistas portugueses, europeus e mundiais. Mas estes Senhores ainda não perceberam que o mundo mudou? Ainda não se aperceberam que os Estados actuais, em que se inclui o Estado português, mudaram o seu modelo económico, e que as mesmas estratégias não podem ser aplicadas em ambientes completamente diferentes?

Vejamos este vídeo:

No vídeo, o orador resume a actuação dos Estados e da população a mais consumo. Pelo meio, fala, e bem, em diminuição de impostos. Esquece-se que as famílias e o Estado têm uma dívida acumulada incomparável com o período em que Keynes viveu. Esquece-se também que actualmente, ao contrário do que acontecia há 70 anos ou mais, o aumento do consumo (público e/ou privado) não implica necessariamente uma subida da produção nacional, e consequentemente menos desemprego. O modelo económico de economia de mercado permite que os cidadãos sejam livres de escolher o tipo de produtos comprados (nacionais ou estrangeiros). Do lado do (s) Estado (s) não existe margem financeira para se aumentarem os gastos públicos, para além de que um aumento dos gastos públicos apenas resolveria pontual e conjunturalmente os problemas do desemprego. A estrutura económica manter-se-ia inalterada e a competitividade do país não sairia beneficiada.

Portanto, como acabo de comprovar, o autor esquece-se dos factores mais importantes (Investimento Privado e Exportações). Estes factores são os únicos que nos podem tirar do buraco. E estes factores, ao contrário do que defende o autor, são controlados pelos privados. É aqui que os Estados podem actuar. Os Estados podem ser facilitadores do Investimento Privado e das Exportações.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: