Publicado por: J.Pinto | 2011/05/18

Orgulho português


Sou adepto do F.C. Porto. Por isso estou contente. Mais uma vez o meu clube mostrou à Europa e ao Mundo que é o melhor clube de Portugal. Mesmo que não seja o maior – há quem defenda a superioridade há anos até à exaustão –, é o melhor. Os títulos conquistados falam por si. O Porto consegue ter mais títulos internacionais oficiais do que os outros clubes portugueses juntos. A hegemonia do Porto é bem visível: tem o melhor presidente do mundo, tem mais títulos do que os outros, exporta mais jogadores do que os outros clubes portugueses.…

Houve, no entanto, uma coisa que me entristeceu. É verdade que não é exclusivo do Futebol Clube do Porto, mas onde pára o orgulho português? Dos jogadores do Porto, vários foram os que se vestiram com a bandeira do seu país. Normal, portanto. Mas nenhum vestiu a bandeira de Portugal, apesar de haver alguns portugueses – entre eles encontrava-se um Português com a bandeira da selecção de Cabo Verde (Rolando). Se nem numa altura de crise somos capazes de vestir e defender a bandeira e gritar bem alto Portugal, algo de muito grave se passa neste mísero país…

Advertisements

Responses

  1. Então, só me resta dar-lhe os parabéns 🙂 Não que concorde totalmente mas que ganhou o FCP é um facto indesmentível. E hoje ganhou outra vez e muito bem! Parabéns duplicados.

    Para além dos parabéns o que me leva a escrever este comentário
    é exactamente o que referiu e que eu chamo falta de orgulho português. Hoje, também só se viu o treinador com a bandeira portuguesa.

    Não queria ser mal interpretada mas julgo que o FCP se “está borrifando” para Portugal. Têm um bairrismo que quanto a mim é prejudicial e limitativo. Aliás, faz parte desse bairrismo o meu medo da regionalização.

    Outro aspecto que reforça aquilo que eu chamo falta de orgulho é o facto, se calhar, de os jogadores não sentirem Portugal como sua pátria. Adquirem nacionalidade oportunistamente? Não sei, não entendo nada de futebol (e o problema não é só do FCP ou de Portugal), mas não gostei de ver, especialmente nesta altura em que ninguém se sente muito orgulhoso!

    Sou do Benfica 😉 mas sem fundamentalismos!

  2. Gosto de futebol, mas reconheço a minha depreciação crescente por este desporto. Ao contrário do que poderia e deveria acontecer, o futebol tem cada vez menos exemplos que sirvam à sociedade. Do futebol parace que só vêm maus exemplos.

    A falta de orgulho em Portugal não é só do Porto, é mais grave, é mesmo de Portugal.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: