Publicado por: J.Pinto | 2011/04/09

Impostos altos e impostos baixos


Ninguém gosta de pagar impostos. Também ninguém gosta da morte. Já Benjamin Franklin dizia que “nada é mais certo neste mundo do que a morte e os impostos”. Apesar desta imposição quase irreversível, dizem os especialistas – nem é difícil perceber – que os impostos altos induzem a uma maior propensão à fraude fiscal. Ou seja, quanto mais um determinado país tributar os contribuintes mais pessoas tentarão fugir à obrigação de pagar impostos, arranjando esquemas paralelos que passem pela não tributação. É claro que o pagamento de impostos efectuado pela população, e o respectivo ponto de saturação, tem em atenção as contrapartidas desse pagamento. Até um determinado limite as pessoas até podem aceitar uma carga fiscal maior, desde que ela lhe proporcione o acesso a alguns serviços considerados essenciais.

Neste momento tão especial da sociedade Portuguesa, em que a economia continua num estado anémico, urge a tomada de decisões que agilizem o investimento. Também não é difícil perceber que os investidores preferem países com impostos mais baixos. Não é a única condição para a atracção de investimento, é apenas mais um instrumento que pode e deve ser usado pelos nossos Governantes. Já sei que, perante a situação actual, não é possível descer já os impostos, mas deve haver um plano de estruturação que implique no futuro, mais breve quanto possível, uma descida generalizada, pelo menos, de alguns impostos.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: