Publicado por: J.Pinto | 2011/04/02

Economia e Finanças


Ainda hoje ouvi, salvo erro de Alberto João Jardim, dizer que o problema de Portugal é a economia e não as finanças. Não concordo. É claro que o nosso problema estrutural é o fraco crescimento económico. Sem dúvida. Acresce que a economia não melhorará sem umas contas públicas sãs. Por isso, temos dois grandes problemas: as finanças e a economia.

O problema económico, ao contrário do que muita gente pensa, não se resolve de um dia para o outro. É necessário que se criem condições de atratividade de investimento, seja ele externo ou interno. Para que seja criado um ambiente atractivo para os investidores, o Estado não pode continuar a absorver grande parte da riqueza criada pelos mesmos investidores. Sem finanças públicas sãs, a economia não crescerá (ou pelo menos ficará aquém das suas possibilidades).

Por curiosidade, tenho acompanhado com alguma proximidade e enorme satisfação o sucesso de algumas empresas portuguesas. Para algumas empresas, provenientes de variados sectores industriais, o ano de 2010 foi dos melhores das últimas décadas. Basta atentarmos à evolução das exportações portuguesas no ano de 2010. No meio do pântano, estes empresários são autênticos heróis, são o exemplo do que deve ser feito, de como se pode e deve ultrapassar dificuldades. É necessário, no entanto, que outros empresários sigam o mesmo caminho, é necessário que o Estado não continue a ser um entrave ao desenvolvimento e crescimento económicos.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: