Publicado por: J.Pinto | 2011/03/27

Finanças alertam para mails fraudulentos sobre impostos


É um caso de ‘phishing’. Finanças alertam para e-mail falso e fraudulento que está a ser recebido por alguns contribuintes.

O Ministério das Finanças e da Administração Pública emitiu hoje um comunicado, onde alerta para uma mensagem de e-mail “falsa e fraudulenta, alegadamente enviada pela Direcção-Geral dos Impostos”.

Segundo o comunicado, um número significativo de contribuintes recebeu recentemente uma mensagem de e-mail intitulada ‘Tem uma divida por liquidar…Saiba mais’ que pretensamente os chama à atenção para uma suposta dívida por liquidar perante a Administração Fiscal e que os solicita a conhecer os detalhes do respectivo processo através da utilização de um ‘link’ disponibilizado na própria mensagem.

“Trata-se de uma mensagem falsa e fraudulenta – um caso de ‘phishing’, mediante a qual os respectivos autores, de forma criminosa, tentam aceder a elementos de informação relativos aos contribuintes visados – que se encontra já a ser alvo de investigação pelas entidades competentes”, avisa o ministério.

As Finanças dizem ainda que todas as mensagens de ‘mail’ que a DGCI envia aos contribuintes identificam sempre o nome completo e o Número de Contribuinte dos destinatários.

“A DGCI não envia nunca mensagens de correio electrónico genéricas e sem aquela identificação. O nome e o NIF que são enviados nas mensagens ‘mail’ são sempre exactamente iguais aos que constam do cartão do contribuinte (ou do cartão do cidadão)”.

“A DGCI só envia mensagens ‘mail’ aos contribuintes que tenham senha de acesso ao Portal das Finanças e que tenham autorizado a DCGI a enviar-lhe essas mensagens. As mensagens são sempre enviadas para o endereço electrónico que os contribuintes indicaram no Portal das Finanças e nunca para qualquer outro”, acrescenta.

O comunicado termina com um alerta aos “contribuintes em geral para a necessidade de não seguirem qualquer indicação constante das mensagens referidas, que, mais uma vez se refere, resultam de uma operação criminosa”.

 Fonte: Diário Económico

 


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: