Publicado por: J.Pinto | 2010/12/18

Certificados do Tesouro


Como já devem saber, o Estado português lançou já algum tempo atrás um novo instrumento de dívida pública, os Certificados do Tesouro. Segundo dados do Instituto de Gestão da Tesouraria e do Crédito Público (IGCP), as taxas variam entre 1,5% (para prazos de manutenção inferiores a 5 anos) e 6,5% para prazos de manutenção de 10 anos. Pelo meio, quem não levantar o dinheiro antes dos 5 anos, consegue uma taxa ilíquida de 5,4%. De realçar que o subscritor não poderá levantar o dinheiro sem ter passado pelo menos meio ano.

 

Comparando com as remunerações oferecidas pelas diversas instituições financeiras, estas taxas são bastante atractivas.

 

A nível da fiscalidade, e tal como as restantes aplicações financeiras, os rendimentos dos certificados do tesouro estão sujeitos a IRS, considerando uma taxa liberatória de 21,5%.  

 

Pode fazer, por exemplo aqui, uma simulação.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: