Publicado por: J.Pinto | 2009/11/21

O défice…


Com as despesas do Estado a subirem e as receitas a descerem, o défice orçamental deverá situar-se à volta dos 8% este ano. Vítor Constâncio já alertou que serão necessárias medidas no lado das receitas. Por outras palavras, enquanto a economia não crescer o suficiente de modo a alterar o rumo das receitas fiscais, a carga fiscal pode ter que aumentar. Um leve exercício sobre o deve e haver das contas públicas leva-nos a uma conclusão consonante com as palavras do Governador do Banco de Portugal.

Como defendo há muito tempo, o défice orçamental não é um problema menor, mas um desafio urgente para Portugal. Do ponto de vista da sustentabilidade da sociedade portuguesa no médio/longo prazo, será necessário que se tomem medidas urgentes na diminuição drástica do défice público. A não implementação de medidas que visem diminuir o peso das despesas fixas nas contas do Estado, levar-nos-ão a uma situação de défice estrutural difícil de resolver…

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: