Publicado por: J.Pinto | 2009/09/05

A baixa de impostos e a sua repercussão nos bolsos dos portugueses


Todos gostamos de ouvir falar na baixa de impostos, sinal que se reflectirá num maior poder de compra via diminuição do custo associado aos bens comprados.

Nos últimos anos, sempre que se pretende mexer, para cima ou para baixo nos impostos, o IVA tem sido o alvo preferido. Só para falar das mais recentes alterações nas taxas deste imposto, a taxa normal de IVA já foi de 17%, 19%, 21% e, agora, 20%. Como incentivo fiscal, a taxa de IVA foi baixada em alguns bens. Citando duas situações: na restauração a taxa normal foi substituída pela taxa intermédia, enquanto, mais recentemente, o IVA nos ginásios desceu de 20% para 5%. A título complementar, refira-se que o sector da restauração há muito que pede uma descida na taxa aplicada em Portugal, facto que tem sido constantemente negado pelos sucessivos governos.

Voltando ao tema, será que a baixa do IVA terá efeitos nos bolsos dos portugueses? A história recente diz-nos que a baixa do IVA, ao contrário do objectivo daquelas medidas, não se reflecte no preço pago pelo consumidor. A baixa do IVA tem servido essencialmente para aumentar as margens de lucro das empresas. Pelo absurdo que se possa tornar, podemos concluir que a baixa do IVA não tem efeitos, pelo menos significativos, nos bolsos dos consumidores.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: