Publicado por: J.Pinto | 2009/02/03

Deduções à colecta das despesas de saúde


Segundo o Código do Imposto Sobre o Rendimento das Pessoas Singulares, são dedutíveis à colecta 30% das despesas de saúde suportadas pelo sujeito passivo ou por algum dos elementos do agregado familar. 

Para as despesas de saúde isentas de IVA ou sujeitas à taxa mínima (5%) não existe limite máximo dedutível, ou seja, todas as despesas que estejam devidamente comprovadas são aceites como dedução à colecta na proporção de 30%. Já as despesas de saúde sujeitas à taxa normal de IVA tem um limite máximo aceite, que é de 62 euros ou 2,5% das despesas de saúde isentas ou sujeitas à taxa de 5%, se este valor for superior àquele (62 euros).

Tomemos este exemplo: Um casal, no ano 2008, tem despesas de saúde comprovadas nos seguintes valores:
– 7000 euros (isentas de IVA)
– 500 euros (taxa normal de IVA).

Pergunta: Qual será a dedução a efectuar à colecta?
Resposta: O valor que este casal irá recuperar no seu IRS, relativamente às despesas de saúde comprovadas, sérá de 2275 euros ((7000*30%) + (7000*2,5%) – visto que este valor é superior a 62 euros).


Responses

  1. Um ex-emigrante que receba cá através de um banco a sua pensão (Rendimentos da categoria H) vinda de França, como é que é feito esse cálculo? Qual é a taxa liberatória a aplicar?

  2. Caro Anónimo:

    Recebe cá a reforma da França e tem cá residência?


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: